Abordagem científica para o crescimento muscular

Desenvolver o músculo é baseado na inflamação da fibra muscular, devido ao treinamento de resistência. Fatores diferentes, tais como intensidade, amplitude de movimento, intervalo de repetições, ou tempo de repouso, acabarão por levar ao crescimento muscular. O estímulo básico é quebrar o tecido muscular durante o exercício, principalmente levantando pesos. O intervalo de 8 a 12 repetições é responsável pela hipertrofia sarcoplasmática, enquanto o intervalo de repetição de 4-6 é responsável pela hipertrofia miofibrilar e pela melhora da força e da densidade.

Claro que o ambiente hormonal apropriado (hormônios anabólicos) e suplementação de nutrição são críticos. Restauração de glicogênio também é muito importante, além de aminoácidos, ácidos graxos, vitaminas, minerais, creatina e, claro, descanso. Esses são os principais alicerces para o crescimento. NSAID (ácido salicílico, diclofenac), por outro lado, suprimir o processo de inflamação muscular, através da inibição da prostaglandina.

Abordagem científica para o crescimento muscular

O significado do ácido araquidônico (omega 6-UFA), é crítico para o processamento inflamatório muscular (1). Este é o estímulo primário, através do qual a fase de recuperação (nutrição-suplementação-sono) acabará por levar ao crescimento do tecido muscular. Quando não formamos há muito tempo, as lojas da ARA aumentam; Este efeito leva a dor muscular. Esta é a razão pela qual estamos geralmente muito doloridos após uma sessão de treinamento que está sendo iniciado após uma longa pausa. Os ganhos que um arranque consegue, são muito mais rápidos do que o de um cara avançado, que tem treinado há anos. Períodos prolongados de treinamento levam a uma queda dos níveis de ARA e menos sensação de dor. O fator chave é fazer uma pausa do treinamento de vez em quando, para que as lojas ARA são re sintetizado novamente e o depósito de ARA é preenchido. Além disso, você pode suplementar com ácido araquidônico de forma segura e acessível.

Alguns levantadores de peso não estão tão preocupados com hipertrofia muscular, como seu principal objetivo é levantar o peso máximo. Isso é explicado pelas regras de ergofisiologia, como levantador de peso objetivo principal é focada no peso levantado. Como resultado, esse tipo de treinamento levará à chamada “hipertrofia miofibrilar“. Esse tipo de método é responsável pelo aumento da densidade muscular e espessura das fibras musculares.