5 proteínas em pó vegetarianas

5 proteínas em pó vegetarianas

Quando se trata de escolher sua fonte de proteína, as de produtos lácteos não são a única opção.

De fato, hoje em dia, há mais opções para vegetarianos do que nunca! Aqui estão 6 proteínas que você deve ter em seus armários.

Também darei links para comprá-los, aqui na Myprotein, por seu baixo preço e nível de qualidade.

De fato, as proteínas lácteas são os grandes favoritos. A maioria das pessoas toma caseína e soro de leite durante os treinos, antes de ir para a cama e assim por diante. para reduzir a quebra muscular durante a noite ou como substituto das refeições a qualquer momento.

Mas as proteínas lácteas não são as únicas neste mundo!

Existem alternativas de proteína em pó vegetariana ou vegana e de acordo com as crenças de todos.

Muitas dessas proteínas combinam uma ou mais proteínas vegetais, como:

  • Proteína do ovo
  • De soja
  • De pois
  • Arroz
  • Cânhamo

Eles permitirão que você obtenha uma dieta completa de aminoácidos para apoiar seu crescimento e recuperação muscular.

Se você é vegetariano, vegetariano ou está apenas procurando uma alternativa sem laticínios e quer mudar, aqui estão as melhores escolhas que você pode fazer, com base na qualidade de suas proteínas, classificadas em ordem decrescente.

Com exceção do ovo, todas as proteínas apresentadas são veganas.

Explicação sobre as pontuações:

A pontuação é o famoso PDCAAS (Escore de Aminoácidos Corrigidos pela Digestibilidade de Proteínas), uma pontuação baseada na digestibilidade e na quantidade de aminoácidos. Este método de avaliação foi adotado por muitos para observar objetivamente a qualidade das proteínas.

Utilizando o método PDCAAS, a classificação das qualidades proteicas é determinada comparando o perfil de aminoácidos da proteína da dieta com um perfil padrão de aminoácidos.

A pontuação mais alta possível é 1,0.

1 – Proteína de ovo em pó

Índice de qualidade da proteína: 1.0

Ha, o ovo incrível!

A proteína do ovo em pó é uma ótima maneira de tomar os 9 aminoácidos essenciais e 16 gramas de proteína por colher.

proteína de ovo em pó

Também é baixo em calorias, com zero de gordura e pouco carboidrato, tornando-o um aliado de escolha como parte de uma dieta, uma dieta.

Macro por porção: 16 gramas de proteína por 30 gramas

2 – Proteína de Soja em Pó

Índice de qualidade desta proteína: 1.0

Com todos os rumores negativos sobre soja, incluindo a diminuição da testosterona e o balanço hormonal em geral, para diminuir os problemas digestivos e energéticos, você pode se surpreender (e) ao encontrar essa proteína no ranking?

Não julgue antes de conhecer os fatos!

A proteína de soja, isolada da soja, é o único substituto não lácteo que contém todos os aminoácidos essenciais.

Foi demonstrado que a soja ajuda a diminuir o colesterol LDL. De fato, quando introduzida em uma dieta, a proteína de soja pode diminuir o colesterol ruim ao longo do tempo, contribuindo para a boa saúde do coração.

proteína de soja em pó

E quanto aos rumores, tomados em quantidades moderadas, o consumo de soja não tem impacto sobre o nível de testosterona.

Os homens são particularmente sensíveis além de 12 porções por dia, expondo-se ao risco potencial de desenvolver características femininas, mas mesmo isso é um pouco exagerado.

Média de Macro por porção: 25 gramas de proteína por colher

3 – Pó de proteína de ervilha

Índice de qualidade desta proteína: 0,69

Nós todos sabemos que este pequeno vegetal verde redondo pode ser comido de diferentes maneiras, com suas batatas, purê, etc.

Mas a proteína das ervilhas também pode ser consumida em um shaker de proteína.

Se você é sensível a alérgenos alimentares, como leite, ovos, soja e soro de leite, então proteína de ervilha é um ótimo substituto para ajudar você a atingir seus objetivos de fitness.

A quantidade recomendada é de 0,8 a 1 grama de proteína por quilo de peso corporal.

proteína de ervilha em pó

Numa altura em que muitas pessoas estão se tornando mais ambientalmente consciente, proteína de ervilha também é uma boa base de plantas opção que usa menos recursos e ignora a indústria que desperdiça muito para produzir leite exemplo e produtos como whey ou caseína.

Média de Macro por porção: 24 gramas de proteína por colher

4 – Proteína de arroz em pó

Pontuação de qualidade de proteína: 0,47

O arroz, e especialmente o arroz branco, muitas vezes tem a má reputação de ser um carboidrato simples, mas a proteína do arroz é uma alternativa sólida para aqueles que não querem o Whey.

Além da embalagem que oferece uma boa quantidade de proteína, o pó de arroz fornece:

  • Aminoácidos essenciais
  • Vitaminas B e E
  • Gorduras sem gordura
proteína de arroz em pó

Apesar de soro de leite (whey), e caseína poderia possivelmente causar algumas pessoas alguns distúrbios digestivos, especialmente em intolerante à lactose ou entre aqueles que têm uma sensibilidade alimentar, proteína de arroz é hipoalergênico, tornando mais fácil para digerir.

Macro Média por Dose: 6 gramas de proteína por colher de sopa

5 – Proteína do pó de cânhamo

Pontuação de qualidade de proteína: 0,46

Quem sabia que o cânhamo era uma excelente fonte de proteína?

Esta proteína de cânhamo contém 8 dos 9 aminoácidos essenciais em quantidade suficiente, tornando-se uma excelente alternativa ao Whey e à caseína.

proteína de cânhamo em pó

Estas pequenas bolas de proteína são fáceis de digerir e dissolver facilmente, tornando-se um grande aliado para o seu corpo no pós-treino.

Macro Média por porção: 15 gramas de proteína por 3 colheres de sopa

Qual proteína você consome para contornar produtos lácteos e animais?

Suplementos alimentares simples para vegetarianos

É melhor não esperar para ter um déficit de nutrientes importantes para começar a procurar soluções. Um exame de sangue para descobrir onde você está é o ideal.

Aumente o poder da sua dieta vegetariana com estes simples suplementos alimentares!

O termo “dieta vegetariana” pode significar boa saúde, mas todos sabemos que qualquer tipo de dieta é saudável a partir do momento em que você deseja fazer uma dieta saudável. Comer todos os vegetais possíveis e proteína herbal completa é uma dieta vegetariana.

Mas aqui está: mesmo os vegetarianos mais conscienciosos podem se esforçar para obter o suficiente de alguns nutrientes essenciais. Se você é um atleta, você precisa disso e talvez mais.

Para estar sempre à frente no jogo e as vitaminas e minerais essenciais que você precisa em herbívoros, aqui estão 4 suplementos dietéticos simples e úteis.

Estes suplementos alimentares não são caros, geralmente baseados em plantas e não requerem doses complicadas para serem eficazes. Não os atire!

1 – Ferro

Isso é o mais importante para muitas pessoas. O ferro é necessário para a formação de glóbulos vermelhos, o que é importante para transportar oxigênio para os músculos que trabalham durante o esporte.

O ferro também desempenha um papel na produção de energia e na função do sistema imunológico.

O ferro é encontrado em dois tipos de alimentos: animal e vegetal.

No entanto, a forma mais absorvível é encontrada na carne animal (ferro heme). O ferro não-heme, encontrado em alimentos à base de plantas, não é tão facilmente usado pelo corpo. Como resultado, os vegetarianos são mais propensos a ter deficiência de ferro.

O ferro em alimentos à base de plantas é melhor absorvido quando combinado com vitamina C em frutas e legumes.

Não tome ferro com cálcio (produtos lácteos), porque o cálcio prejudica a absorção de ferro.

Recomendação de ferro em suplemento alimentar:

15 a 18 mg por dia.

As mulheres que têm o seu período perdem mais ferro e devem procurar a dose máxima recomendada deste intervalo.

2 – Zinco

O zinco também está presente em alimentos de origem animal, mas não considera isso como um argumento de que os vegetarianos não consomem o suficiente.

Pelo contrário, uma grande parte da população é deficiente em zinco, o que é uma vergonha, porque o zinco desempenha um papel em … bem … quase tudo o que acontece no corpo.

Então, nem tudo, mas se eu tivesse que enumerar todas as suas funções, teria a impressão de que o zinco atua em todos os lugares. Desempenha um papel na construção muscular e na função imunológica, duas boas razões, por si só, suficientes para suplementar o zinco.

Recomendação de zinco no suplemento alimentar:

25 a 40 mg por dia de citrato de zinco ou sulfato de zinco.

3 – Vitamina B-12

Se a sua abordagem dietética incluir produtos lácteos ou ovos, você obterá uma boa dose de vitamina B12 com esses alimentos.

Mas se você é vegano, obter o suficiente de vitamina B-12 pode se tornar uma galera. De fato, é outro nutriente que os comedores de carne suplementam, para uma ampla gama de funções, tais como:

  • A produção de glóbulos vermelhos
  • funcionamento neurológico
  • O nível de energia global

Recomendação de vitamina B12 como suplemento dietético:

1 mg (1.000 mcg) por dia

4 -Cálcio

Pode ser o que você mais sabe.

Então, você recebe o suficiente e regularmente?

O cálcio é um nutriente que seu corpo precisa:

  • Seus ossos e a saúde de seus dentes
  • Sua transmissão nervosa e muscular
  • Sua saúde cardiovascular

Embora seja encontrado nas folhas dos vegetais, um suplemento dietético de cálcio pode servir como uma rede de segurança para garantir que você tome pelo menos as doses diárias mínimas recomendadas.

Recomendação de cálcio como suplemento dietético:

1000 a 1200 mg por dia.

Os suplementos de cálcio são melhor absorvidos com vitamina D e uma refeição.

Outra maneira de tomar é suplementar com um multivitamínico diariamente.

Qual suplemento dietético você toma como vegetariano?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *