Melhores pré treinos sem cafeína

Melhores pré treinos sem cafeína

Você quer fazer uma pausa com os estimulantes pré-treino à base de cafeína, mas ainda deseja aumentar seus níveis de energia antes de ir à academia? Aqui estão 4 suplementos extras que farão o trabalho!

Se você ler a maioria dos rótulos de reforço pré-treino, verá que a maioria deles contém alguma forma de cafeína. Talvez você só queira fazer uma pausa da cafeína, ou não queira a sensação de efervescência, que se sinta ligeiramente nervoso, alguns dos pontos frequentemente citados contra a cafeína. Além disso, se você treinar tarde da noite, esses reforços pré-treino em cafeína não são exatamente ideais se você quiser uma boa noite de descanso.

Então, se você está procurando uma alternativa à cafeína , você não está sozinho. Houve um aumento na popularidade de produtos pré-treino sem cafeína que ajudam a manter seus níveis de energia, concentração e resistência, e até mesmo ajudam você a se recuperar sem a excitação.

1 – Citrato de malato

O citrato de malato de citrulina é um novo reforço pré-treino que está do lado e por boas razões. Seu corpo converte a citrulina em arginina, que dilata os vasos sangüíneos para que mais sangue flua para os músculos. Mais circulação sanguínea significa mais entrega de nutrientes, melhor descarte de resíduos para treinamento prolongado e melhor bombeamento!

Múltiplos estudos científicos mostraram que pessoas que consomem 8 gramas de citrulina 1 hora antes do treinamento podem realizar mais repetições do que pessoas que tomam apenas um placebo. Um estudo científico de tenistas profissionais revelou que citrulina citrulina melhoraria significativamente sua aderência, bem como sua potência anaeróbica e explosiva máxima (medida por um teste de ciclismo de 30 segundos).

Não só o malato de citrulina pode melhorar drasticamente o seu desempenho, mas também pode ajudar seu corpo a tolerar maior estresse, ajudando você a progredir com o tempo.

2 – TeaCrine

O TeaCrine é uma versão bioativa do composto natural de tintura, que é tecnicamente derivado da cafeína. Mas este suplemento neuroactivo não se comporta como o seu estimulante habitual. Pense no theacrine como uma versão modificada da cafeína : você pode obter o mesmo tipo de benefício para o desempenho, mas sem tremer e perder energia postumamente, o que geralmente acontece com a cafeína.

Um estudo científico em 2017 mostrou que uma dose única de 200 miligramas de Teacrine teve um impacto positivo sobre os níveis de energia, taxas de fadiga e concentração, em comparação com a mesma dose de placebo. Além disso, o uso prolongado de Teacrine pode lhe dar o mesmo tipo de benefícios que você obtém com a cafeína sem seus efeitos habituais.

3 – Alfa glicerilfosforilcolina (alfa-GPC)

O Alpha-GPC é um recém-chegado ao mundo dos auxílios ergogênicos (aprimorando o desempenho). Parece melhorar o desempenho de potência e força principalmente aumentando a produção do neurotransmissor acetilcolina. A acetilcolina é uma substância química que os neurônios liberam para ativar os músculos.

De acordo com um estudo científico, uma dose única de 600 miligramas de alfa-GPC tirada 90 minutos antes do treinamento pode aumentar significativamente a liberação do hormônio do crescimento e aumentar a potência para o supino.

Outro estudo descobriu que, embora uma única dose administrada 1 hora antes do treinamento não tenha efeito na menor produção de força corporal nos indivíduos, melhorias significativas foram observadas após 6 dias de suplementação. .

4 – Betaína

A betaína é normalmente encontrada em fórmulas de reforço pré-treino, em parte devido ao seu papel em melhorar a capacidade do corpo de usar creatina. A creatina é um aminoácido que:

  • Aumenta a força e o tamanho muscular
  • Melhora o desempenho da recuperação
  • Melhora o desempenho do sprint
  • Melhora a função cerebral

Alguns pesquisadores acreditam que a betaína pode ter um papel na produção do hormônio do crescimento e do fator de crescimento semelhante à insulina (IGF-1).

Em contraste com a ingestão de suplementos dietéticos que podem ter efeitos imediatos no desempenho, você precisa suplementar por cerca de 2 semanas com betaína antes de começar a perceber melhorias visíveis em sua força.

betaína-suplemento alimentar

Os participantes de um estudo de 2009 tomaram 1,25 gramas de betaína por dia durante 14 dias. Eles foram capazes de fazer mais repetições e retardar a fadiga durante o exercício de alta intensidade em comparação com um grupo que tomou um placebo. Um segundo estudo em homens treinados em fisiculturismo mostrou que 2 semanas de suplementação de betaína aumentaram significativamente o seu poder de salto vertical e força de agachamento isométrica.

A suplementação de betaína também foi mostrada para melhorar a potência média e máxima durante sprints repetidos em bicicletas.

É possível ser mais forte com uma dose única?

Ao contrário da betaína, que requer o período de cobrança de 2 semanas para ser mais eficaz, os outros suplementos listados neste artigo podem oferecer resultados com apenas um tiro!

Para obter esses benefícios imediatos, verifique se o seu suplemento dietético de:

  • O malato de citrulina contém pelo menos 6 a 8 gramas por dose
  • Teacrine contém pelo menos 200 miligramas do último
  • O Alpha-GPC contém pelo menos 500 a 600 miligramas por porção

Dosagens inferiores a estas produziram resultados, mas misturados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *